Quanto gasta um ar condicionado? Saiba aqui!

O ar condicionado é praticamente indispensável para enfrentar o calorão do verão. No entanto, deixar o aparelho ligado o tempo todo tem um preço: a conta de luz bem salgada no fim do mês.

Por isso, é importante se perguntar quanto gasta um ar condicionado antes de decidir por deixá-lo ligado durante todo o dia.

Saber quanto gasta um ar condicionado pode te ajudar a planejar melhor o uso do aparelho e a reduzir os custos com a conta de energia.

Muita gente se surpreende com o aumento da fatura de energia elétrica durante o verão e não sabe precisar o quanto o ar-condicionado influencia neste consumo extra.

Pensando nisso, este artigo explica de forma simples e prática quanto o ar-condicionado gasta por mês na conta de luz, estimando valores médios por tipo de aparelho e dicas para economizar energia.

Quanto gasta um ar condicionado

Não é raro ver a conta de energia elétrica dobrar, triplicar ou até mais durante os meses de verão por conta do uso constante do ar-condicionado. Isso acontece porque o aparelho consome uma quantidade significativa de energia.

Em média, o ar-condicionado representa cerca de 40% de toda a energia consumida em uma residência no verão. Ou seja, quase metade da conta de luz é só para manter o ambiente climatizado.

Portanto, é fundamental ficar atento ao uso consciente e evitar desperdícios para não levar aquele susto no bolso quando a conta do mês chegar.

Fatores que influenciam no consumo

Alguns fatores diretamente relacionados ao uso do aparelho impactam na quantidade de energia gasta e, consequentemente, o valor da conta:

  • Potência do aparelho (em BTUs)
  • Tempo de uso diário
  • Configuração da temperatura
  • Manutenção adequada
  • Isolamento térmico do ambiente

Quanto mais potente o aparelho, mais energia ele consome. Do mesmo modo, quanto mais horas ligado durante o dia e em temperaturas muito baixas, maior o gasto de energia.

Além disso, a falta de manutenção adequada com limpeza dos filtros e carga correta do gás refrigerante prejudica a eficiência energética. Falhas no isolamento térmico da casa também contribuem para o desperdício.

Gasto médio por tipo de aparelho

O modelo do aparelho também influencia bastante no consumo. Confira algumas estimativas mensais de gasto por tipo:

  • Ar-condicionado de janela (7.500 BTUs): R$ 70 a R$ 110.
  • Ar-condicionado de janela (10.000 BTUs): R$ 90 a R$ 140.
  • Ar-condicionado portátil: R$ 100 a R$ 160.
  • Ar-condicionado split hi-wall: R$ 120 a R$ 220.
  • Ar-condicionado split duct: R$ 150 a R$ 350.
  • Ar-condicionado central: R$ 250 a R$ 600.

Repare que há uma ampla faixa de consumo para cada modelo, que vai depender das particulariadades de uso, manutenção, isolamento do ambiente e outros fatores individuais.

8 dicas para economizar energia

Existem algumas medidas simples que ajudam a reduzir o consumo do ar-condicionado e aliviar o bolso:

  • Usar cortinas, persianas e isolamento térmico adequado.
  • Regular a temperatura entre 23°C e 25°C.
  • Limpar os filtros mensalmente.
  • Desligar quando o ambiente estiver desocupado.
  • Fechar portas e janelas.
  • Utilizar o timer e o modo sleep.
  • Evitar o uso em dias menos quentes.
  • Investir em um modelo mais econômico e potência ideal para o espaço.

Diferenças de consumo entre modelos antigos e novos

Os aparelhos de ar-condicionado mais antigos costumam ser menos eficientes energeticamente que os modelos novos. Isso porque as tecnologias foram evoluindo para otimizar o gasto de energia.

Um aparelho antigo, com mais de 10 anos de uso, pode consumir até 40% a mais que um modelo novo com mesmo potencial de refrigeração. Portanto, também vale considerar essa diferença na hora de estimar o gasto na conta de luz.

Vantagens do Inverter na economia

Os modelos de ar-condicionado Inverter são uma ótima opção para economizar, pois ajustam o consumo de energia exato para manter a temperatura desejada, sem desperdícios.

Enquanto um aparelho convencional liga e desliga a todo momento, o Inverter opera de forma contínua e inteligente. Estudos indicam que essa tecnologia promove uma economia de até 40% na conta de luz em comparação aos modelos tradicionais.

Conclusão

Portanto, estima-se que o ar-condicionado represente de 40% a 50% do consumo residencial no verão, com gasto médio entre R$ 70 e R$ 600 por mês, dependendo do tipo de aparelho.

Adotando boas práticas de uso e investindo em um modelo eficiente com a potência ideal, é possível amenizar o impacto na conta de luz e vencer o calorão com conforto e economia!

Fonte:

O que você achou disso?

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 10

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

      Ar condicionado TOP
      Logo