Quanto gasta um ar-condicionado ligado 8 horas por dia?

Deixar o ar-condicionado ligado 8 horas por dia, ou mais, pode dobrar, triplicar e até quadruplicar o valor da conta de luz. Mas a final de contas quanto gasta um ar-condicionado ligado 8 horas por dia?

Isso porque manter o ambiente artificialmente refrigerado demanda muita energia. Em média, o ar-condicionado representa cerca de 40% de toda a eletricidade consumida em uma casa.

Quantas mais horas ligado, maior será o gasto. Portanto, ao se questionar quanto gasta um ar-condicionado ligado 8 horas, é preciso analisar se o uso prolongado realmente é necessário e estimar os possíveis impactos no bolso.

Saber quanto gasta um ar-condicionado ligado 8 horas pode te ajudar a gerir melhor o uso do aparelho, balanceando o conforto e a economia.

Neste artigo, você vai entender quanto gasta para usar o ar-condicionado 8 horas por dia, calculando com base no tipo de aparelho, potência, tarifa de energia e outros fatores. Confira!

O consumo do ar-condicionado por hora

O consumo do ar-condicionado por hora
O consumo do ar-condicionado por hora

Para estimar o consumo diário de 8 horas, primeiro é preciso saber quanto o ar-condicionado gasta para cada hora de uso, em média. Isso varia principalmente de acordo com a potência do aparelho, medida em BTUs.

Veja algumas estimativas:

  • 7.000 BTUs: 0,6 kWh por hora
  • 10.000 BTUs: 0,8 a 1 kWh por hora
  • 12.000 BTUs: 1 a 1,2 kWh por hora
  • 18.000 BTUs: 1,4 a 1,8 kWh por hora
  • 24.000 BTUs: 2 a 2,4 kWh por hora

Obviamente, esses valores médios servem como base, mas o consumo por hora de cada aparelho pode variar. Além da potência, outros fatores influenciam, como modelo, idade do aparelho, manutenção correta e até o isolamento térmico do ambiente.

Quanto gasta um ar-condicionado ligado 8 horas por dia?

Com base no consumo médio por hora de cada faixa de BTUs, dá para estimar quanto se gasta para manter o aparelho funcionando por 8 horas seguidas ou mais.

Por exemplo:

  • Ar de 10.000 BTUs: 8 kWh (8 horas x 1 kWh)
  • Ar de 18.000 BTUs: 12,8 kWh (8 horas x 1,6 kWh)
  • Ar de 24.000 BTUs: 19,2 kWh (8 horas x 2,4 kWh)

Para descobrir o custo desse consumo diário é preciso multiplicar a quantidade de kWh pelo valor da tarifa. Supondo uma tarifa média residencial de R$0,70:

  • 10.000 BTUs: R$ 5,60 por dia
  • 18.000 BTUs: R$ 8,96 por dia
  • 24.000 BTUs: R$ 13,44 por dia

Percebe que quanto mais potente o aparelho, mais cara fica a operação diária de 8 horas ligado.

Estimativa mensal com uso prolongado

  • Conectividade Wi-Fi para controle pelo aplicativo SmartHome.
  • Monitoramento e ajuste do consumo de energia.
  • Comandos de voz via Google Assistant e Alexa.
  • Modo Turbo que alcança a temperatura desejada em 6 segundos.
  • Placa Inverter com proteção acrílica, ideal para regiões costeiras.
  • Tecnologia Gold Fin para maior durabilidade contra oxidação e corrosão.
  • Função Eco Noite economiza até 70% de energia.
  • Sistema AIR MAGIC elimina até 99,9% dos vírus e bactérias.
  • Utiliza fluido refrigerante ecológico R32.
  • Controle remoto com backlight e indicador de carga fraca.
  • Ar-condicionado Split LG Inverter Quente e Frio
  • 12000 BTUS - S3NW12JA31AEB2G

Agora é possível estimar quanto o uso prolongado de 8 horas por dia gasta no mês:

  • Ar de 10.000 BTUs: R$ 168 mensais
  • Ar de 18.000 BTUs: R$ 268,8 mensais
  • Ar de 24.000 BTUs: R$ 403,2 mensais

E se o uso diário for ainda maior, de 10 ou 12 horas, o gasto sobe proporcionalmente.

Por exemplo, um aparelho de 18.000 BTUs ligado 10 horas por dia gasta em torno de R$ 336 mensais. São R$ 67,20 extras por mês em comparação ao uso de 8 horas diárias.

Economia com o uso consciente

Diante desses valores, fica evidente que deixar o ar-condicionado ligado por muitas horas prejudica o bolso. Mas é possível minimizar os impactos com algumas medidas:

  • Usar apenas nos momentos de calor intenso
  • Programar o timer para desligar quando sair
  • Configurar o termostato na temperatura ideal
  • Fechar portas e janelas
  • Limpar filtros mensalmente
  • Investir em modelos mais econômicos

Agindo assim, é possível manter o conforto térmico gastando menos. Muitas vezes nem é preciso tantas horas de uso da climatização artificial.

Conclusão

Portanto, estima-se que manter o ar-condicionado ligado por 8 horas ou mais todos os dias pode custar de R$ 150 a R$ 400 a mais na conta de luz. Quanto mais potente o aparelho, maior o impacto.

Adotar bons hábitos e usar o bom senso é essencial para evitar gastos excessivos com a climatização artificial. Dessa forma, você garante o conforto térmico sem estourar o orçamento!

Fonte:

O que você achou disso?

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 21

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Ar condicionado TOP
Logo